• Ramos & Silva Advogados Associados

PROVA DE CONCURSO DA POLÍCIA CIVIL É SUSPENSA A POUCAS HORAS DO INÍCIO NO PARANÁ




A Polícia Civil do estado do Paraná, através da banca organizadora Fundação da Universidade Federal do Paraná (FUNPAR-UFPR) abriu edital com 400 vagas para delegado, papiloscopista e investigador, com remuneração variando de R$ 5.867,45 a R$ 18.280,05, dependendo do cargo. Se inscreveram para a prova mais de 100 mil candidatos.


A prova seria aplicada na região metropolitana de Curitiba e estava prevista para o último domingo, dia 21/02, às 13h30. Entretanto, na madrugada de domingo, às 5h42, a prova foi suspensa por riscos à saúde, gerando prejuízos materiais e morais para milhares de candidatos.


O edital do concurso não foi respeitado, já que previa que qualquer alteração da data da prova, mesmo em decorrência do covid-19, deveria ser informada com antecedência mínima de 72 horas.


Estima-se que cerca de 55 mil candidatos não residem na região metropolitana de Curitiba e deslocaram-se de outras regiões para a realização do concurso.


Devido ao cancelamento da prova, que causou um enorme transtorno a inúmeros candidatos, é possível requerer indenização por danos morais (pelo estresse causado) e danos materiais (devido aos valores gastos em decorrência da prova como transporte, hotel, alimentação e etc).

Para o pedido de indenização por danos morais, são necessários documentos como comprovantes e notas fiscais para demonstrar o prejuízo causado.

Já o dano moral é subjetivo e decorre da própria situação sofrida pelos candidatos.


Mande esse texto para aquele seu amigo concurseiro e comenta aí embaixo se você ia fazer a prova 👇


_____

Ramos & Silva Advogados Associados

OAB/SC 5701

Contato:

📲 (48) 9 9914-7416

📧 flavia@ramosesilvaadv.com


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
 

Formulário de Inscrição

©2020 por Ramos & Silva Advogados Associados.